Sistema Unimed comemora 50 anos

Meio século de saúde, cooperativismo e vitórias

03/01/2018 11:31 | Última Atualização: 06/02/2018 18:39
Pin It

Sistema Unimed, 50 Anos de Desafios: Passado, Presente e Futuro foi o tema da 47ª Convenção Nacional que marcou o cinquentenário da maior cooperativa de saúde do mundo. Em cada debate, o orgulho de ser Unimed e a condução a um futuro sustentável, forte e cooperativo.

O maior e mais importante encontro de dirigentes de todo o País transformou Foz do Iguaçu (PR) em um espaço de alinhamento, integração e diálogo. A trajetória da marca Unimed e de seus médicos cooperados desde a fundação da primeira Singular do Sistema, a Unimed Santos, em 1967, foi enaltecida. Na cerimônia de abertura, Orestes Pullin, presidente da Unimed do Brasil, ressaltou os diferenciais do cooperativismo e daqueles que optam por fazer parte da Unimed: “Somos equipes compostas por indivíduos que gostam não apenas de estar em contato

com pessoas, mas também de cuidar e atender”. Reafirmou compromissos da Unimed – como descentralizar e capilarizar, cada vez mais, a atenção médica de qualidade, contribuindo para a sustentabilidade da infraestrutura de saúde no Brasil – e sua confiança na capacidade de cumpri-los com excelência.

Na cerimônia de abertura, o presidente da Unimed Paraná e da Unimed Mercosul, Paulo Roberto Fernandes Faria, exaltou a história, mas relembrou da responsabilidade do presente. “Os próximos anos não dependem do sucesso

que atingimos até aqui, mas, sim, das decisões que estamos tomando agora e que serão responsáveis pelos novos caminhos do nosso Sistema Unimed.”

“O Sistema Unimed transcende qualquer um de seus presidentes e dirigentes. Todos nós participamos dessa construção e muitos já não estão entre nós. Reconhecemos e reverenciamos, hoje, o trabalho deles. Meu sentimento é de respeito e responsabilidade por levar adiante esse legado. E o compromisso de seguir cuidando desse patrimônio”, disse Orestes Pullin.

Um dos idealizadores do Sistema Unimed, tido como seu mais ativo embaixador, Edmundo Castilho foi lembrado pelo espírito pioneiro e a dedicação intensa ao

cooperativismo unimediano. O médico foi, ainda, o primeiro presidente da Unimed do Brasil, em 1975. A Confederação, que representa institucionalmente e zela pela marca Unimed em nível nacional, saudou seus demais ex-presidentes, Celso Barros e Eudes de Freitas Aquino.

 

Olhando para o futuro

Para o diretor-presidente da Unimed Marília, Dr. Cleber Gustavo Rotoli Baldelin, é uma honra entrar no segundo ano de gestão da Singular, que completou 26 anos em agosto. Fazer parte de um sistema sólido e de uma das principais Singulares da região, é um desafio recompensador. “Conservamos os princípios cooperativistas, e incorporamos gradativamente novas práticas de gestão organizacional com ênfase no atendimento médico, medicina preventiva e personalizada, satisfação do cliente e investimento na formação e valorização dos colaboradores”, afirma o presidente, destacando os pilares da gestão.

O diretor vice-presidente Dr. Francisco Venditto Soares comemora o cumprimento do planejamento estratégico. “São muitas metas a cumprir num curto espaço de tempo, porém a busca constante pela excelência nos serviços, nos garante a liderança de mercado”.

 

Em clara convergência e alinhamento de valores estratégicos em relação à aniversariante cinquentenária, a Unimed Marília está investindo cada vez mais na Atenção Primária à Saúde. O consultor de planejamento da cooperativa, Dr. Roberto Guzzardi, revela que o projeto está prestes a ser lançado, de maneira profunda e adequada, focando suas atenções no beneficiário como indivíduo, não em sua doença. O modelo vai surpreender pela sua eficácia e a Unimed Marília prevê um impacto positivo na saúde de seus beneficiários.

 

Pin It